Marketing Jurídico - Advogado ouça mais seus clientes e conquiste de verdade


Não é incomum que advogados considerem clientes como algo garantido, por isso, frequentemente presumem que as pessoas os encontrarão.

Isso cria um cenário que é repetido com muita frequência - um advogado que apenas presume que os clientes continuarão chegando não leva em consideração o que seus clientes estão tentando dizer e de repente pode se deparar com uma agenda vazia.

Para ler este post, não responda dizendo "Bem, ouço meus clientes, então isso não se aplica a mim". Todos pensam assim, e nem sempre é verdade. Em vez disso, analise as três fases de seus relacionamentos de clientes listados abaixo. Então, se você puder ser franco e honesto consigo mesmo, considere quais elementos você lida bem e quais poderiam ser melhorados:

Durante a fase de namoro: este pode ser o momento mais fácil para dizer o que potenciais clientes estão procurando. Através de suas histórias e perguntas, eles revelam suas necessidades, prioridades e preocupações. Aqui é onde você pode combinar suas palavras com as deles e, esperançosamente, fechar negócio. Essa fase pode ser curta, portanto, certifique-se de que suas respostas sejam concisas e impactantes.

Enquanto eles são clientes: quando você conseguir acessar o cliente e estiver trabalhando no caso dele, as perguntas provavelmente serão interrompidas e as declarações provavelmente irão começar. Somos condicionados socialmente a aceitar e a digerir as perguntas. Então preste especial atenção a qualquer tema que você ouvir mais de uma vez de seu cliente. Nesse caso o interessante é dar a devida atenção revendo ou refletir sobre o determinado assunto em questão.

Depois que o caso for encerrado: as recomendações de cliente podem ter um impacto enorme no futuro do seu escritório. Você deve estar ciente do que está sendo dito sobre você. Muitos escritórios de advocacia, por exemplo, fogem de avaliações online porque as associam apenas a opções de entretenimento e hospitalidade ou porque têm medo de críticas negativas ou imprecisas. Ouvir o nível de satisfação de seus clientes é sempre fundamental!

Visite o Blog da Jurídica para mais conteúdos sobre o marketing jurídico

https://www.juridicamarketing.com.br/blogdajuridica

Se você gostou deste conteúdo, não deixe de recomendá-lo!

Tem alguma dúvida ou dica para compartilhar com os leitores?

Comente aqui embaixo!

RECENT POSTS

ARCHIVE POSTS

POSTS RELACIONADOS

OAB-CAAs conveniadas

JURIDICA

                           MARKETING JURÍDICO

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
  • icon jusbrasil

05729-090  V. Andrade  São Paulo   SP

+55 11 3476 9773  WhatsApp Business

Marketing Jurídico_WhatsApp Business_ Jurídica Marketing

Clique aqui para falar com um consultor de marketing jurídico

Segunda a Sexta

9:00h às 18:00h

Jurídica Digital Ltda.   CNPJ - 29.106.249/0001-68                                                        

© 2017 by JURÍDICA. Todos os direitos reservados.