“Conversão”- descubra o que pode estar acontecendo com o site de seu escritório de advocacia!


"Conversão" é um conceito prático que ocorre com a interação de seus visitantes. Desde a assinatura de uma newsletter, o clique em algum link, a abertura de uma página específica em seu site. Embora não exista uma fórmula mágica, aqui estão cinco áreas que, quando tratadas corretamente, podem ajudar a aumentar a taxa de conversão de sites para escritórios de advocacia.

1. Proposta de valor

Quando os visitantes visitam o site do seu escritório, eles fazem perguntas conscientes ou inconscientes:

O que esse escritório de advocacia faz?

Será capaz de me ajudar?

Posso confiar nesse escritório e em seus advogados?

As respostas moldarão sua proposição, que talvez seja o fator de conversão mais importante. Seu site precisa comunicar essa proposta e fazê-lo rapidamente. Na internet você tem pouco tempo para demonstrar aos seus visitantes, e não pode convertê-los se perder essa oportunidade.

2. Design e Imagens

Webdesign é outro poderoso fator de conversão. Para começar, uma aparência desatualizada ou amadora de seu site, transmitirá ser desatualizado ou amador. Imagens: fotos ruins ou irrelevantes podem estragar um design.

Considere: que fotos nada profissionais ou genéricas não contribuem para melhores resultados.

Navegação intuitiva: você perderá visitantes se fizer com que eles se esforcem para encontrar informações importantes em seu site.

Dica: estudos de usabilidade revelam que as pessoas gastam o dobro do tempo visualizando o lado esquerdo e ainda mostram que os espectadores visualizam primeiro esse ponto em sites na internet.

3. Texto

Seja conciso : 250 a 300 palavras por página é uma boa quantidade de palavras em texto para sites na internet. Porém concentre-se nas necessidades de seu usuários, a indicação acima reflete apenas como uma boa dica para despertar o interesse pela leitura.

4. Ação (CTAs)

Os CTAs são (botões) comandos que acionam (sinalizam) os visitantes. Eles devem ser fáceis de encontrar e focados no visitante. Esses comandos (caminhos) são evidenciados quando você mostra a trilha certa a ser seguida:

Que problema você está ajudando cada pessoa a resolver? Para onde seu visitante deve ir agora? O que seu visitante deve saber mais? O que você gostaria de destacar para seu visitante?

5. Ferramentas Tecnológicas

Novas gerações de ferramentas também podem ajudar a impulsionar a conversão.

A ferramenta de análise como a Google Analytics pode fornecer detalhes importantes; como de onde vieram seus visitantes, os links em que clicaram, quanto tempo ficaram..etc. Isso ajuda a fornecer informações para futuras alterações em seu site.

Todos esses pontos compartilham um traço em comum: eles não são voltados para aumentar o tráfego em seu site, eles concentram-se em aproveitar o tráfego existente e transformá-lo em novos negócios. E é disso que se trata a conversão no tocante ao marketing jurídico de seu escritório de advocacia.

Você tem alguma pergunta sobre esse assunto?

A Jurídica explica!

Você gostou desse artigo?

Deixe nos comentários!

RECENT POSTS

ARCHIVE POSTS

POSTS RELACIONADOS

OAB-CAAs conveniadas

JURIDICA

                           MARKETING JURÍDICO

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
  • icon jusbrasil

05729-090  V. Andrade  São Paulo   SP

+55 11 3476 9773  WhatsApp Business

Marketing Jurídico_WhatsApp Business_ Jurídica Marketing

Clique aqui para falar com um consultor de marketing jurídico

Segunda a Sexta

9:00h às 18:00h

Jurídica Digital Ltda.   CNPJ - 29.106.249/0001-68                                                        

© 2017 by JURÍDICA. Todos os direitos reservados.