Descubra 4 estratégias mapeadas de mídias sociais para advogados que funcionam


Para advogados que usam as mídias sociais não raro é muito comum ficarem frustrados com a falta de resposta às postagens de seu escritório de advocacia. Mas se você está sentindo que seu tempo gasto em mídias sociais é desperdiçado, lembre-se de que isso não é mágico. É apenas uma ferramenta. E como qualquer ferramenta, a maneira como você usa faz toda a diferença.

Não seja tímido

É improvável que postar uma vez por mês no Facebook ou no Twitter ganhe audiência para seu escritório de advocacia. Sua mensagem quase certamente será perdida no fluxo. Para promover a perspectiva de seu escritório de advocacia e gerar visibilidade com conscientização, as postagens frequentes são fundamentais. E isso não leva muito do seu tempo. Conheça seu público- alvo e conheça a si mesmo.

Não seja antissocial

As redes sociais são lugares informais onde os usuários esperam ver alguma personalidade. Por definição, eles são espaços de conversação. As regras de ter conversas eficazes e persuasivas se aplicam. Então ouça, faça argumentos convincentes, apele às emoções pelo menos tanto quanto à lógica e, acima de tudo, não tenha medo de mostrar ao seu público que você se importa.

Não seja enganado

Ainda há muitos gurus por aí na internet. Eles incentivam você a subornar os usuários para que "gostem" e com isso fazer com que seu conteúdo jurídico na redes sociais seja "viral". Não caia nessa, para advogados e escritórios de advocacia a estratégia de marketing jurídico ético não é um jogo. Deve ser medido pelo retorno do investimento, não pelo número de seguidores no Facebook.

Não seja impaciente

Com a confiança, um público ativo e engajado é conquistado com o tempo. Como outros aspectos da sua marca e reputação. Existem poucas soluções rápidas para serem encontradas. Mesmo que a publicidade paga possa produzir resultados imediatos e deve fazer parte da estratégia de mídia social de qualquer escritório de advocacia, nada supera a paciência e a persistência quando se trata de conquistar os corações e mentes de seu público.

O ponto em questão é o seguinte: estar “na mídia social” costuma ser um diferencial na advocacia. Agora, seus resultados serão determinados menos pelo fato de você estar nas redes sociais e mais pela maneira como você as usa para promover sua estratégia de marketing jurídico.

Você tem alguma pergunta sobre esse assunto?

A Jurídica explica!

Você gostou desse artigo?

Deixe nos comentários!

RECENT POSTS

ARCHIVE POSTS

POSTS RELACIONADOS