OAB-CAAs conveniadas

JURIDICA

                           MARKETING JURÍDICO

05729-090  V. Andrade  São Paulo   SP

+55 11 3476 9773  WhatsApp Business

Marketing Jurídico_WhatsApp Business_ Jurídica Marketing

Clique aqui para falar com um consultor de marketing jurídico

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
  • icon jusbrasil

Segunda a Sexta

9:00h às 18:00h

Jurídica Digital Ltda.   CNPJ - 29.106.249/0001-68                                                        

© 2017 by JURÍDICA. Todos os direitos reservados.

Conheça 7 dicas que impactam o conteúdo do seu blog jurídico

 

Você é um advogado ocupado, então por que você deveria escrever um blog? Há mais razões do que você imagina.


Um blog pode trazer tráfego e notoriedade para potenciais clientes em seu site. Um blog jurídico pode estabelecer você como autoridade. Isso poderia ajudar a tornar você um advogado especialista em sua área de atuação, inclusive para jornalistas que podem pescar seu artigo na rede, o que pode promover em muito sua carreira e audiência.


Mas nem todas as postagens de blogs jurídicos possuem conteúdo relevante. Um mau post pode afastar seus potenciais clientes. Os bons posts os atraem. Aqui estão as principais dicas para se chegar lá:

 

1 - Sua (s) área (s) de atuação. Concentre-se em sua experiência e não em outros aspectos que não se relacionem com sua especialidade. Blogar é um marketing jurídico de baixo custo, mas você não deve perder seu tempo escrevendo sobre assuntos que não interessam a você e aos seus potenciais clientes.


2 - Gancho de notícias. Você não deve escrever sobre temas com pouca relevância ou que pelo menos, não seja do interesse para o público em geral. Escolher um tópico que esteja em discussão é uma boa saída para ganhar mais relevância em suas postagens. 


3 - Seu ponto de vista. Não descreva apenas os fatos, dê suas opiniões. Afinal, os seus visitantes estão lendo para ver o quanto seu ponto de vista é diferente ou relevante de outros advogados. Apenas certifique-se de que suas opiniões sejam fundamentadas.


4 - Agilidade. Não há necessidade de ocupar muito do seu tempo escrevendo um longo artigo. Muitos leitores deixarão seu site ou blog se a publicação parecer longa, eles querem informações rapidamente. Uma boa regra do comprimento: não mais de 500 palavras.


5 - Um pingo de informalidade. Você não está escrevendo uma tese jurídica ou um artigo acadêmico. Um blog deve conversar com seus leitores. Trate cada postagem como uma comunicação com o leitor onde você tenha reciprocidade até mesmo um pouco de humor.


6 - Termos simples. Qual é o público alvo quem você está tentando alcançar? Muito provavelmente, não são outros advogados. Então evite jargões, juridiquês e termos técnicos da área.


7 - Usar listas e tópicos. As pessoas são atraídas por itens. Uma lista ou tópicos tornam a informação que você apresenta mais digerível para os leitores e pode levar a um título mais atraente. Também faz da escrita do seu artigo mais fácil de ler.


Parece muita coisa de uma só vez, não é? Mas o segredo está na continuidade, quanto mais você postar, melhores resultados você obterá e com o tempo e você vai descobrir que escrever e compartilhar o que você conhece fará as pessoas visitarem mais seu site ou blog e com isso conquistar seus futuros clientes na advocacia.

 

Você gostou desse artigo?


Conte para a gente nos comentários!

Share on Facebook
Share on Twitter
Share on Instagram
Please reload

RECENT POSTS

Please reload

ARCHIVE POSTS

Please reload

POSTS RELACIONADOS

Please reload